Passaram por aqui ... ;*

sábado, agosto 13, 2011

Ainda não esqueci

   Não sei por que ainda não esqueci daquele sorriso.Talvez por que tenha sido a única coisa que recebi dele,quer dizer minto certa vez ele me disse um -'Oi,tudo bem?!'-mas eu estava encantada demais pra retribuir com algo maior que um sorriso.Agora lembrei de como a voz dele é linda apesar de só ter escutado por três segundos.
     Mas por que não esqueci depois de anos sem ver,falar,olhar pros olhos dele nem que fosse pra atravessar a rua como nos velhos tempos.Era meu motivo de sorrir as 6:50h da manhã,indo pro inferno que batizaram de colégio,ele me fazia feliz mesmo sem saber,mesmo sem ter noção do quanto eu ficava contente em o ver.
     Me lembro que ele andava cheio de estilo e sorrindo acho que ele sabia o quanto o sorriso dele era lindo e fazia questão de mostra pra todo mundo,lembro da mãe dele gritar da sacada do prédio onde moravam :
-Filho,leva o casaco
-Não precisa mãe! Te amo tá?! Partiu bonitona. Dava mais um dos seus sorrisos e saia apressado antes que a mãe pudesse dizer mais alguma coisa.Eu ficava no portão do colégio olhando essa mesma cena quase o inverno inteiro e sorrindo ao entrar na escola.
      Eu gostava dele não sei ate que ponto (amor,admiração,atração,paixão sei lá),mesmo sem ele ter me dito um 'Oi' ate certo dia -16 de Setembro de 2008,eu ainda lembro k- A gente tem tanto em comum :aniversariamos no mesmo dia.torcemos pro mesmo time,temos um amor imenso pelo mar*-* Provavelmente fosse atracão por que ele era/é lindo,tão perfeito um príncipe!
      Bom,hoje depois de 5 anos o conheçendo e 3 anos sem o ver e ainda lembrar do sorriso,da voz,do jeitinho de andar lembro de tudo isso sorrindo feito uma boba mas talvez isso seja um sinal de que eu não seja uma pedra que costumam dizer por ai hoje eu senti saudade do meu principizinho loiro que me fez feliz sem saber. 



                   Por:     Bianca Reis,
                                            

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a palavra visitantes de um vagalume e suas luzes ...